Noticias


Postado em October 11, 2017



A Monsanto lançou um super veneno que se espalha pelo ar e mata as plantações, exceto aquelas que usam as sementes transgênicas deles!

A Monsanto solicitou no dia 7 de Setembro o conselho de instalações do Estado de Arkansas e apelou para o governador de Arkansas, Asa Hutchinson, para encerrar a proibição do uso do herbicida dicamba pelo estado. Arkansas proibiu o uso de dicamba em 15 de Abril, após um au-mento nas queixas de danos aos campos fora do alvo. Em um comunicado, a Monsanto disse: Ho-je apresentamos uma petição com o conselho de instalação do Estado de Arkansas para interromp-er uma proibição injustificada e mal informada sobre o dicamba, uma ferramenta critica para os produtores – e para garantir que os produtores do Arkansas tenham acesso a uma nova e vital ferra-menta de controlo de ervas daninhas no próximo ano.
A Agência de Protecção Ambiental (EPA, na sig-la em inglês) está considerando impor restrições a aplicação do herbicida dicamba, segundo autori-dades do governo que estão assessorando o órgão em sua resposta aos danos as lavouras ligadas ao pesticida. O estabelecimento de um prazo limite para a aplicação, possivelmente em algum mo-mento na primeira metade de 2018, teria objecti-vo de proteger plantas vulneráveis ao dicamba, ao permitir que produtores somente borrifem os campos antes que a soja germine, segundo espe-cialistas em ervas daninhas e pesticidas, após produtores ao redor do cinturão agrícola dos EUA reportarem que o químico foi carregado pelo ven-to de onde foi originalmente borrifado neste
verão, danificando milhões de acres e outras cultu-ras. Ainda não se sabe como os danos atribuídos aos herbicidas, usados na soja e algodão Xtend afectarão as produtividades da soja que não é re-sistente ao dicamba, uma vez que as lavouras ainda não foram colhidas.
Foi a mais recente de uma série de pelo menos três conferências telefónicas que a EPA teve com regu-ladores do governo e especialistas desde o fim de Julho dedicadas aos danos relacionados ao dicam-ba, a primeira a focar em como responder ao prob-lema. As autoridades da EPA na última ligação deixaram claro que seria inaceitável ver o mesmo nível de danos as lavouras de novo no ano que vem, segundo Andrew Thostenson, um especialista em pesticidas da Universidade Estadual da Dakota do Norte que participou da ligação.
O Arkansas já bloqueou vendas do herbicida dicamba da Monsanto, XtendMax com Vaporgrip, no Estado.
Companhias químicas culparam o mal uso de produtores pelos danos as lavoura.

Fonte. EUA (UOL) https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2017/08/02/agricultores-reclamam-de-estragos-causados-por-pesticida-nos-eua.htm

Email Facebook Google LinkedIn Pinterest Twitter
Nenhum comentário no momento, seja o primeiro a comentar.